Cadastre-se e receba com exclusividade nosso informativo de novidades por e-mail!

Você está em: Página Inicial
O Despertar da Pedra Branca-Novas Vias de Escalada PDF Imprimir E-mail
Seção: Home - Categoria: Escalada
Escrito por Glauco Roberto Gonçalves   
Qua, 16 de Abril de 2014 13:14

 pedra branca

A Pedra Branca é um belo morro testemunho de granitão localizado no município de Paraisópolis, em Minas Gerais. A primeira via de escalada, intitulada “Normal” foi conquistada nos idos de 1984 por Walter A. Baere, Doni Lima e Mario C. Padovan. Depois de treze anos, 1997 recebeu uma nova e ousada conquista, a via “Quebra Cabeça” de Aldirn Lima, Ricardo Miele, Carlos Augusto Lorenzo e João Bosco Vilela.

            Desde de então a Pedra Branca permanecia quieta, adormecida, esperando por novas repetições, ansiando por novas conquistas. Neste ano uma turminha realizou novas incursões por lá, e destas idas surgiram novas três linhas, no melhor estilo escalada de aventura, no local.

            As vias que conquistadas em 2014, em geral são fáceis e com proteção regular (grande maioria em E2, com poucas excessões de E3). Todas elas (conquistadas em 2014) tem paradas de 30 em 30 metros, facilitando bastante quem quiser abandona-lás, em qualquer uma das paradas (com cordas acima de 60 metros, é claro!).

CLIQUE AKI PARA BAIXAR O CROQUI E ORIENTAÇÕES

Leia mais...
 
"Martelo de Thor" - Nova via no Bauzinho PDF Imprimir E-mail
Seção: Home - Categoria: Escalada
Escrito por Luiz Brinco (Luizão)   
Qua, 16 de Abril de 2014 13:36
martelo de thor bauzinho
 
Aproveitando um verão atípico, que proporcionou inúmeras escaladas no complexo 
do Baú, eu e o Rubão localizamos um bom espaço de parede, na face norte do Bauzinho, entre as 
vias Homem Pássaro e Lidiane Arnaud, que parecia suficientemente promissor para a descoberta de 
mais uma linha de escalada para a comunidade da montanha que frequenta São Bento do Sapucaí. 
 
 
Leia mais...
 
Pico do Gigante (2.180 mts) e do Ovo (2.085 mts) - Itatiaia. PDF Imprimir E-mail
Seção: Home - Categoria: Montanha
Escrito por Fabio de Oliveira Borges   
Qua, 03 de Julho de 2013 18:30

img 0031

Fazia tempo que eu e a Vivi pretendíamos conhecer o Itatiaia. Nosso amigo Angelônimo, que já tinha alcançado por duas vezes o cume do gigante, nos convidou para tentar chegar ao Pico do Ovo a partir do Pico do Gigante. Topamos na hora, conhecer o parque Nacional do Itatiaia ainda mais picos menos badalados seria bem interessante.  
1º Dia  
A ideia do Angelônimo era acessar o Pico do Gigante pelo bairro da Serrinha, da cidade de Resende e de lá "achar" uma trilha aberta a não sei a quanto tempo para o Pico do Ovo. Para essa missão além nos três,  represantes da babilônia paulistana, foram convocados o carioca Junior e o Inglês Sir Simon.
Saímos de São Paulo no ultimo ônibus para Resende eu, Vivi, Angelonimo e Simon. Chegamos por volta das 4h00 da madrugada e esperamos o Junior que viria do Rio de carro. Como eu estava com sono, deitei no canto da rodoviária e tirei um breve cochilo até o Junior chegar por volta das 5h00 da manhã. Da Rodoviária partimos para o bairro da Serrinha. 
Leia mais...
 
Conquistando as paredes da Serra Fina PDF Imprimir E-mail
Seção: Home - Categoria: Escalada
Escrito por Felipe Dias   
Qua, 12 de Junho de 2013 01:32

13

 Foto Web Arquivo Pessoal

Quem já fez a travessia da Serra Fina, com certeza, indo para o pico dos 3 estados, já avistou aquelas imensas paredes no vale que desce para o estado de SP e se perguntou: Alguém já subiu aquilo lá? Já ouvi muitos comentários a respeito disso. E desde que avistei aquele lugar pela primeira vez, não o tirei mais da minha cabeça. A Serra Fina sempre teve uma importância ímpar em minha vida. Visitei alguns outros picos quando criança, levado por meu pai e familiares que já praticavam montanhismo. Mas considero, minha primeira experiência, assim, intensa, a primeira subida a Pedra da Mina, aos  15 anos.  Ali criei a noção do ambiente inóspito e dos desafios a se superar. E desde então, tenho em mim um carinho particular por aquele lugar.

Foram algumas investidas para tentarmos acessar as paredes por baixo, subindo por Queluz - SP. Aquele vale é algo amedrontador, completamente fechado por vegetação absurdamente densa, bambus trançados em meio a blocos de rocha soltos rolados das imensas escarpas rochosas do vale.

Leia mais...
 
REPETIÇÃO DA MÍTICA VIA CÃES E CARAVANAS NA FACE NORTE DA PEDRA DO BAÚ - VIAGEM A IXTLAN.... PDF Imprimir E-mail
Seção: Home - Categoria: Escalada
Escrito por Brasil Vertical   
Seg, 03 de Junho de 2013 19:23

3 parada ixtalan

Davi Caetano e Felipe Uzum na P7 da via Cães e Caravanas

Após mais de um ano sem repetições, os escaladores Felipe Uzum e Davi Caetano escalaram a mítica via Cães e Caravanas semana passada e certamente fizeram uma escalada  linda e desafiadora, aonde o comprometimento foi fundamental. 

A via Cães e Caravanas na Face Norte da Pedra do Baú, aberta por Karina Filgueiras e Bito Meyer em 2008, foi um marco na evolução da escalada naquela região. É uma via extremamente desafiadora, intensa e exposta,  representou e representa uma nova forma de pensar a escalada, aonde comprometimento, planejamento e coragem são itens básicos necessários pra quem deseja repetir esta via. A Cães e Caravanas também foi a primeira via de uma série de outras que foram abertas nos anos seguintes pela dupla,  nesta mesma face que se encontrava um pouco esquecida, implementando  este moderno e arrojado estilo de escalada preconizando cada vez mais o uso de proteções móveis e naturais. 

Parabéns Felipe e Davi pela repetição da Cães e Caravanas e por desta forma difundir este estilo de escalada que é para  pessoas exigentes que estão dispostas a descobrir um novo sentido da palavra escalada, como diria o poeta Ventania: "Isso é só para os raros"....

O Davi fez um relato da sua experiência que publicamos na íntegra, pois nada melhor que os próprios escaladores falando da "Viagem":  

Viagem à Ixtlan

 
É impossível não escrever esse relato, ao mesmo tempo que não sei como compartilhar a essência dos acontecimentos senão descrevendo os fatos e tendo esperança.
Leia mais...
 
A TRAVESSIA DO PEDROSO

4

 Por Jorge Soto - na foto Luci Rod

Desde q conheci o fabuloso Pq Municipal Pedroso irremediavelmente me via preso a breves roteiros q iam e voltavam pelo mesmo caminho, como o da “Primeira Estação” (ou Morro do Pedroso) e o Pico Bonilha. Vai, no máximo um breve circuito, como o das ruínas da “Segunda Estação”. Nesta 4ª visita a este bucólico recanto verde de Sto André resolvi investir numa curta travessia que fosse além do q é chamado de “pto culminante do ABC”. Disso resultou um programa semi-urbanóide de meio-dia q, na diagonal, rasga td extensão do parque se valendo exclusivamente de cumes e cristas. Rolezinho simples q inicia na portaria inicial e finda no outro extremo do Pedroso, 10km a sudoeste, na favel.. ops.. comunidade do Montanhão.

Leia mais...
 
PACK LIGHT - CAMINHANDO RÁPIDO E LEVE

alexandre charo foto arq. pessoal

Alexandre Charão durante travessia Petrópolis - Teresópolis 

Texto por Alexandre Charão

Já se foi o tempo das grandes mochilas cargueiras pesando entre 20 e 30 kg. A moda, que ainda vai chegar no Brasil, é curtir a natureza carregando uma mochila cargueira bem leve, pesando entre 8k e 12kg. Isto permite um contato maior com o ambiente em volta pois nos livra de "sofrer" carregando um peso desnecessário, suando e consumido água e calorias em excesso devido ao peso excessivo nas costas. O objetivo da filosofia "Carga leve, passo rápido" não é caminhar com pressa, pelo contrário, a menor carga e o menor cansaço fazem com que tenhamos mais tempo para parar, fotografar e apreciar as paisagens deslumbrantes ao invés de ficarmos concentrados no peso da mochila, no esforço para carregá-la e preocupados em quanto tempo falta para o próximo acampamento. Além disso poupa nossa coluna e musculatura, nos deixando mais dispostos para continuar a trilha no dia seguinte.
Leia mais...
 
A CACHU DO PASTOR RAIMUNDO

ita1

Mal deu uma semana após nossa primeira visita á Estrada do Despraiado q foi pra lá mesmo q decidimos nos pirulitar de ultima hora atrás dalgum novo
programa novo, sussa e refrescantemente natureba. Afinal, sabíamos previamente q os contrafortes da Serra do Itatins escondiam td sorte de quedas e
corredeiras q, enfiadas em estreitos vales rente o maciço principal, somam suas águas cristalinas as do simpático Ribeirão Despraiado.  Proposta
tentadora ideal prum dia quente de verão. Contudo, a diferença da vez anterior, resolvemos sair bem mais cedo afim não apenas de otimizar o dia
útil mas sim o bom tempo, já q a previsão alertava pancadas a partir do meio da tarde p/ td região sudeste. E coloca sair cedo nisso.

Leia mais...
 
A ESTRADA DO DESPRAIADO

despra1

 Por Jorge Soto

Situada a 130km de Sampa e bastante conhecida pela galera jipeira e biker, a “Estrada do Despraiado” é uma precária via q – tal qual a “Estrada da Petrobrás” – interliga o planalto de Pedro de Toledo com o pé-da-serra, na altura de Miracatu e Iguape, sul de SP. Acompanhando o trajeto do Rio Despraiado e rasgando parte da Reserva Ecológica da Juréia em sinuosos 50kms, esta instável via está repleta de plácidos remansos e diversas quedas, ideais prum banho refrescante num dia de sol e calor. Aproveitando então um dia semanal nestas condições, percorremos esta difícil estrada de chão passando pelo isolado “bairro” do mesmo nome, afim de ir atrás de atrativos diferenciados delas bandas situadas ao norte do Vale do Ribeira. Como bônus: um tchibum da cachu do Faú, em Miracatu.

Leia mais...
 
NOVA VIA NA PEDRA DO BAÚ-FISSURA NUCLEAR (6° VI(A0 ou VIII) E2 D1)

pedra do ba arq. brasil vertical crdito imagem karina filgueiras

CLIQUE AKI PARA BAIXAR O CROQUI

A via  FISSURA NUCLEAR (6° VI(A0 ou VIII) E2 D1) foi recentemente aberta por Luizão e Citron (Luiz A. Brinco e Anderson Citron).

Buscando uma linha de saída natural identificada na época da conquista da via “Irmão Sol Irmã Lua”, nesta apostávamos num acesso bem direto ao Platô da Domingos/Grego e Pimenta, possibilitando mais um opção de escalada desde o sopé da montanha para emendas de outras rotas e escalada de dia cheio até o cume do Baú.  
Leia mais...
 
RÁDIO ZONA DE IMPACTO

widget-radiozi-aovivo

Blog da Radio Zona de Impacto

É só clicar e ouvir!

 
Apoio
Divulgação
© 2008 - Brasil Vertical Escalada e Montanhismo